MAIS DE 400 CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS SÃO REGISTRADOS NO MARANHÃO

Resultado de imagem para VIOLENCIA CONTRA O IDOSO
O Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa, da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), registrou de janeiro a abril deste ano, 426 denúncias envolvendo maiores de 60 anos. No ano passado, foram 1.381 casos de violência.
Os dados foram revelados pelo defensor-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos, que conduziu, nesta terça-feira (05), o lançamento da Campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa 2018.
Segundo o defensor-geral, o relatório do Ciapvi aponta também a negligência, o abuso financeiro e a violência psicológica como os tipos de abuso mais registrados pela instituição. E Centro, São Francisco e Bairro de Fátima como os bairros da capital onde os indicadores de violência contra o idoso são mais elevados.
A campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa idosa, que este ano trabalha a temática “Violência contra a pessoa idosa é necessário prevenir, é possível superar”, marca as comemorações alusivas ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado no dia 15 de junho.
Além disso, 2018 foi escolhido como o Ano de Valorização à população idosa, com base na Lei 13.646/2018, o que se deu em razão da Convenção Interamericana sobre a Proteção dos Direitos Humanos dos Idosos, celebrada pela Organização dos Estados Americanos (OEA) em 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tutoienses são Encontrados Mortos em Parnaiba

De helicóptero Jovem Lorena de Tutoia com suspeita de meningite e transferida para São Luis

Juíza condenou a Colônia de pescadores Z-17 de Tutóia a pagar 20 mil reais ao FAT.